Cuide da saúde bucal do seu animal de estimação

Os cuidados com a saúde bucal do seu animal de estimação devem ser prioridade. Pois muitos problemas orais de cães e gatos podem desencadear doenças no fígado, rins, articulações e meninges. Isto ocorre em razão de muitas bactérias migrarem da boca para outras partes do organismo e do corpo do animal.

 

Dado da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária (ABOV): 85% dos animais adultos apresentam algum problema dentário. Além dos problemas com mastigação, a falta de saúde dos dentes e dos tecidos que os envolvem pode diminuir a qualidade de vida e até comprometer a vida dos animais.

 

A odontologia para cães e gatos é semelhante à praticada em seres humanos, no que tange equipamentos, materiais e técnicas. Tratamentos da doença periodontal e de canal, próteses e restaurações, aparelhos para correção dentária e cirurgias orais são alguns dos procedimentos mais realizados em animais de estimação.

 

O profissional habilitado para realizar estes serviços odontológicos em cães e gatos é o médico veterinário odontologista.

 

Cuidado com os dentes

 

Cães e gatos têm dentes de leite, que serão em breve trocados pela dentição permanente. Em cães, isso ocorre entre 3 e 7 meses de idade, enquanto que nos gatos entre 3 e 6 meses. Caso isso não ocorra naturalmente, é necessário levar o cão para que os dentes de leite sejam extraídos, dando espaço aos dentes permanentes e evitando problemas odontológicos futuros.

 

Outro fator importante para manter a saúde bucal do animal em dia é a escovação dos dentes, que serve para remover restos de comida e, principalmente, a placa bacteriana. Principalmente em razão de a placa bacteriana ser a causa de mau hálito, gengivite e periodontite, servindo também para a formação de tártaro.

 

Aliás... O mau hálito sempre é um alerta de que algo não está bem com seu cão ou gato, assim como a dor de dente.

 

Doença periodontal

 

A mais comum entre as doenças que atingem cães e gatos. A doença periodontal é causada por bactérias que se encontram na boca do animal. Com uma higienização deficiente, as bactérias criam uma placa bacteriana que se adere na superfície do dente e no espaço entre a gengiva e o dente.

 

Algumas destas bactérias são causadoras de doenças nas estruturas do dente, causando contaminação e destruição delas. Os sintomas da doença periodontal são irritação (gengivite) e retração da gengiva. Também pode ocorrer a formação de espaços ao redor do dente, onde ocorre a proliferação das bactérias com mais facilidade.

 

Por ser uma doença infecciosa, o melhor tratamento para doença periodontal é a remoção da placa bacteriana, interrompendo o processo destrutivo da doença e evitando que esta infecção prejudique a saúde geral do animal. Para isso, além de remover o tártaro, é preciso que o médico veterinário odontologista promova a desintoxicação do periodonto, tornando o ambiente desfavorável às bactérias.

 

Além da irritação e retração da gengiva, também são sinais da doença a perda de dentes, mau hálito, sangramento na gengiva e dentes “moles”.

 

Fraturas dentárias

 

Algo comum de acontecer a cães e gatos é a fratura no dente. Causados por objetos maciços, quando mordidos, a fratura dentária pode expor a polpa do dente. Tal exposição causa intensa dor e contaminação por bactérias, levando a um quadro infeccioso e, por consequência, a morte do tecido.

 

No caso de qualquer fratura dentária, é importante a avaliação do médico veterinário odontologista. O tratamento de canal é indicado para os casos de afecção da polpa e, já em outros, deve-se extrair os dentes afetados.

 

Todas as fraturas dentárias devem ser tratadas adequadamente para evitar as suas complicações no futuro.

 

Reabsorção dentária

 

Em certos cães e gatos, uma reação exacerbada do sistema imunológico contra a placa bacteriana pode causar muita dor, impedindo, inclusive, o animal de se alimentar. A perda de peso e a desidratação são as primeiras consequências deste problema chamado de lesão de reabsorção dentária.

 

Os sinais que servem de alerta ao dono são, por parte do animal, a recusa de alimentos, a pata sendo passada na boca e a salivação aumentada, além de vermelhidão na cavidade oral. Em muitos casos, o dente fica fragilizado e quebra com facilidade.

 

O método de tratamento mais indicado é a extração do dente, não permitindo que a lesão evolua. Os gatos são os mais acometidos por este problema – mais de 60% dos gatos com mais de 7 anos de idade possui a lesão de reabsorção dentária. O tratamento deve ser realizado com urgência e eficiência, pois o quadro pode tornar-se irreversível.

 

Dicas

 

Para que a saúde bucal do seu cão ou gato esteja em dia, lembre-se de escovar os dentes do animal ao menos uma vez por dia. Ração seca, mordedores, bolinhas e brinquedos também ajudam na higiene bucal. E não se esqueça de levar o animal ao médico veterinário odontologista regularmente.

Televendas

O melhor atendimento é com a Pet Dreams

 

 Atendimento das 9hrs às 18, de Seg a Sex. 

(51) 3333.3030

 

Tele Entrega

Bairros com Frete Grátis

Mont Serrat, Bela Vista, Boa Vista, Petrópolis, Rio Branco, Higienópolis e arredores.
*somente para entrega de  medicamentos e/ou ração.

Demais bairros -consulte

Nos reservamos o direito de não entregar em alguns lugares.

Se tiver alguma dúvida entre em contato.

Formas de Pagamento

 

Dinheiro ou Cartão